Dúvida da leitora: como combinar acessórios e óculos de grau?

Vez ou outra surge alguma dúvida de pessoas que me acompanham pelo instagram (me segue lá: @amandavjm), então resolvi criar o quadro “Dúvida da leitora” por aqui, em que ajudarei você com aquelas dificuldades do dia a dia, dando dicas pra facilitar a sua vida!

A dúvida de hoje é como combinar acessórios e óculos de grau de forma correta. 

A primeira coisa que eu vou falar, que talvez seja até desanimadora (mas calma, leia o post até o fim!) é que não existe forma correta. Cada pessoa tem seu estilo e uma forma de ver o mundo e de entender a beleza (por exemplo as correntes para óculos, eu posso amar e você odiar!)

O que vai contar no final é o seu bom senso, pensando no que combina com você, no que te faz bem ao se olhar no espelho e no que é adequado para ocasiões. Seguindo esses passos, você já diminui muito a chance de se sentir incomodada com a aparência.

Mesmo assim eu vou dar algumas dicas que podem te ajudar nesse caminho e com a ajuda das imagens, vou mostrar o impacto visual de alguns acessórios junto com os óculos de grau.

(Caso você queira dicas individuais, uma consultoria de imagem pode te ajudar. Veja a aba profissional AQUI)

A primeira dica é observar o seu óculos de grau. Isso porque a própria armação do óculos já se tornará um acessório, principalmente quando ela for colorida, ou mais grossa. Então se você gostar muito de acessório, talvez a melhor opção seja ter um óculos mais básico pra não brigar tanto quando você usar seus brincos, colares etc.

Segunda dica: o que você deve tomar cuidado é com o peso visual do rosto e colo, ou seja, brincos e colares. Pulseiras e anéis dificilmente vão interferir na sua imagem em relação aos óculos de grau. Então nós vamos direcionar o foco mais para colares e brincos.

O complemento ideal para quem usa óculos de grau (e aqui entra qualquer modelo) são, sem sombra de dúvidas, brincos e colares pequenos. Preferencialmente os de cores “padrão” para acessórios (cores de metal), ou seja, prata, dourado, bronze e suas variações.

Os colares normalmente são os mais delicados, os que chamamos de correntinhas, pois não dão impacto visual a ponto de brigar com os óculos.

Mas se você quiser usar colares ou brincos mais pesados, vou dar outra dica. Tente equilibrar as proporções e cores. Se usar um colar mais chamativo, evite os brincos e vice-versa. Colares e brincos muito cheios de pedras, detalhes, cores também dão muito peso ao rosto, e, por isso, é interessante evitar.

Nesta montagem dei exemplos de acessórios mais chamativos que ficaram bons. Percebam que eles têm formas mais simples (sem muitos penduricalhos) e uma cor só.

Já nesta imagem separei exemplos de acessórios que não ornaram:

Reparem o peso que as armações já conferiam ao rosto e o excesso de informação (pedraria, cores, colares muito grandes e muito próximos ao rosto). Nessa última imagem (que não está tão ruim) a boina atrapalha e a descoordenação de cores também (óculos mais prata com uma argola mais pesada e dourada).

Por fim, separei fotos da musa dos óculos, Meryl Streep. Ela usa óculos de grau até nas premiações de Oscar, com estilo! Não é sempre que ela acerta (vide montagem acima), mas nessas fotos abaixo ela coordenou bem cores, tamanhos e proporções.

Percebam que quando ela coloca colares mais pesados, eles são mais longos. Isso ajuda a tirar o foco da parte de cima.

E como eu disse anteriormente, o mais importante é você gostar da imagem que vê no espelho. Se você sair confiante com o que está usando, já é sucesso!

Espero que tenha gostado das dicas, porque esse é um post totalmente pensado em você, leitora. Me conta aqui nos comentários!

Beijos e apenas brilhe!


>>Gostou do post? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe um comentário pra mim! 😘

Amanda Jacarandá

Moda masculina: tamanho ideal das roupas!

Se tem uma coisa que faz diferença na imagem que um homem passa por meio das suas roupas é elas estarem ajustadas ao corpo.

Eu gosto de deixar claro qual é o significado da palavra ajustada, que é estar no tamanho exato do seu corpo, ou seja, nem folgada, nem apertada; nem curta, nem comprida. Isso significa que a roupa ajustada ao seu corpo é aquela que tem o seu tamanho.

E a gente sabe que ter o tamanho correto de roupa pra gente é difícil, pois não somos do tamanho que as roupas são vendidas, na maioria das vezes. E por isso é importante ter sempre alguém pra te ajudar a adequar as roupas ao seu físico, principalmente quando o assunto é moda formal, ou seja, camisa social, terno etc.

Várias lojas possuem o serviço de ajustar a roupa sem custo adicional, mas outras não. E o ideal é que você encontre um alfaiate pra fazer os ajustes, pois eles entendem e já mexem há mais tempo com esse tipo de roupa, que exige um conserto diferenciado, mais caprichado. Sei que essa profissão está sumindo do mapa, mas ainda é possível encontrá-los. Caso tenha dúvida de onde achar, pergunte onde essas marcas que vendem roupa social consertam as roupas deles e você já terá meio caminho andado.

Bom, eu falei do caso de você precisar comprar a roupa e ajustá-la. Mas e quando você tá no provador e quer saber se aquela roupa já está no seu tamanho adequado, ou se você quiser chegar na sua vó e pedir pra ela arrumar e você tem que dizer o tamanho? Vou ilustrar esse post e dar as dicas pra vocês.

Lembrete: não entrarei aqui no mérito de modelagens, estilo e tendências, pois essas coisas mudam a forma de entender como usar uma roupa. Aqui eu só falarei do que é considerado ajustado no corpo pra não parecer que você pegou uma roupa menor ou maior pra vestir sem querer, ok?

Bom, vamos começar pela parte de baixo: as calças! Novamente, não entrarei no mérito de modelagens, então falarei mais sobre tamanho de barra e cintura.

A cintura da calça deve estar na sua cintura, que não é no seu umbigo, nem na sua bunda, mas sim na sua cintura pélvica. Pra te auxiliar: coloque a mão na lateral da sua barriga e vai abaixando, o primeiro osso da sua cintura pélvica é onde sua calça deve estar.

Cuidado com calças baixas demais, porque elas costumam deformar o corpo, principalmente quem tem uma barriguinha. E, por favor, um tamanho adequado não deixa você mostrar a cueca, né! Caso precise daquela ajustadinha a mais, use um cinto.

Já o tamanho da barra é o que causa mais polêmica. Pelas pesquisas que fiz, percebi que a tendência é usar calça mais curta (e sapato sem meia haha), mostrando o tornozelo,  um pouco mais ainda do que as fotos que estão aqui, que tem a barra no limite, ou seja, bem no tornozelo.

Bom, não vou entrar no mérito de estilo e tendência, então se você quiser uma calça realmente ajustada ao seu corpo, o ideal é que você tampe o seu tornozelo, ou seja, a calça vai pegar no início do peito do pé, dando uma leve dobrada, pois sobra um pouco de tecido ali.

Cuidado pra não sobrar demais, pois a impressão que dá de barra mal feita (comprida) é de desleixo, principalmente se a modelagem da calça for mais larga.

Caso você ainda não tenha feito a barra da sua calça e queira usá-la, uma dica é dobrá-la umas duas vezes. Fica estiloso e adequado. Só não faça isso em ambientes formais, pois não fica legal. 

Agora sim vamos para a parte de cima!!

A primeira coisa que eu vou falar vale para camisas, camisetas, jaquetas, blazer, ou seja, tudo que está em cima, que é a adequação ao ombro! A linha que mostra que vai começar a manga deve estar exatamente em cima do seu ombro, nem mais próxima do braço (camiseta grande), nem mais distante (camiseta pequena).

a manga deve descer pelo seu braço, tampando pelo menos a metade da parte superior.

Já a manga de camisa deve terminar no encontro do punho com a mão. Normalmente também sobra um pouco de tecido na manga, pra te deixar confortável na hora de mexer. Se o tecido ficar esticado, não vai ficar bom, pois toda hora que você esticar o braço pra pegar alguma coisa, a sua camisa vai subir, ficando curta.

O comprimento da camisa deve ser suficiente pra ficar uns 4 a 5 dedos abaixo do botão da sua calça. Além disso, não pode sobrar muito tecido na barriga, nem ficar justo.

Algumas dicas pra ver se a camisa está adequada: 1) na cintura: sente-se quando estiver experimentando a camisa. Se ela apertar sua barriga, pegue um número maior. 2) no comprimento: levante os braços: se ela mostrar sua barriga, ela está curta! 

E as jaquetas? Bom, a manga deve ficar na junção entre o punho e a mão no mínimo, ou um pouco mais comprida, pois como serve para o frio (obviamente haha), fica melhor.

Já o blazer não pode ficar maior de jeito nenhum! Se existe regra no mundo da moda formal masculina (e olha que existem algumas), essa é uma delas! É regra que a camisa apareça além do blazer, como nas imagens abaixo:

E depois dessas dicas, tenho certeza que não vai ser por falta de ajuste que você vai ficar inadequado!

Ahh, pra quem não sabe, eu dou consultoria de imagem. Quem se interessar, é só clicar aqui pra saber mais sobre esse trabalho.

Gostaram das dicas? Vocês sabiam os tamanhos adequados de roupas masculinas? Me contem nos comentários se esse post foi bom pra você!

Beijos e apenas brilhe! 


>>Gostou do post? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe um comentário pra mim! 😘

Amanda Jacarandá

Madrinha de Casamento: o que usar?

Você foi convidada para ser madrinha de um casamento e aí bateu aquela dúvida: o que usar?

A leitora Camila sugeriu esse tema e aqui estou  para tirar algumas dúvidas, porque ninguém quer estar inadequado, não é mesmo?

A primeira coisa que a gente deve pensar é realmente a ADEQUAÇÃO, ou seja, ver no convite que a noiva fez qual é o traje estipulado, se existe alguma cor indicada ou alguma cor que ela não quer que seja usada. Caso não haja essa estipulação no convite, vale perguntar pra ela. Afinal, você é madrinha, tem intimidade para perguntar isso!

O desejo da noiva deve ser respeitado, então vamos realmente seguir o que ela propôs para o grande dia.

Caso ela deixe a sua escolha livre, ainda temos que tomar cuidado com a cor. Vale lembrar que branco NUNCA É OPÇÃO! Só a noiva pode usar essa cor no dia (você não quer tirar a atenção dela). Nem off white ou nada que olhando pareça branco, ok?

É claro que NUDE não entra nessa brincadeira (desde que não seja tão claro a ponto de confundir com branco). Vale ler o post que já fiz falando da cor aqui. Nude é muito elegante e muitas noivas gostam que suas madrinhas usem essa cor pra deixar tudo harmônico.

nude

E o PRETO??? Bom, há uma velha convenção social que diz que não devemos usar preto em casamento, mas isso já está ultrapassado.  Como eu falei, vale a regra máxima que é ficar de acordo com a vontade da noiva. Se ela não se importar com o preto, pode usar à vontade!  Eu mesma não me importaria.

preto

Vale lembrar que o casamento é um evento formal e a não ser que esteja expresso que não é pra usar traje formal (em caso de casamento na praia talvez), a regra é que madrinha deve usar vestido longo de festa!

O que seria vestido de festa? Aqueles mais trabalhados, que geralmente tem detalhes que enriquecem a peça e que não são feitos de tecidos simples que usamos no dia a dia, como a malha. Acho que todo mundo tem na cabeça o conceito dessa roupa, não é?

A adequação também conta na hora de pensar se o casamento é de dia, ou à noite, se é na praia, no campo, numa igreja ou num salão de festas. Vale lembrar qual roupa combina com cada ambiente e qual será o clima provável do local.

À noite, por exemplo, podemos abusar do brilho, das cores escuras (preto, azul marinho, bordô), dos tecidos mais estruturados, de manga longa, mas também dá pra usar vestidos de cores claras, ou bem coloridões, desde que mais trabalhados pra não ficarem muito simples. Talvez um tecido brilhoso, por exemplo.

noite

Já de dia o mais adequado é usar cores mais claras, estampas, tecidos mais fluídos, pra não ficar pesado demais para o evento  (e nem tão quente).  Eu amo estampas em casamentos de dia, acho feminino, elegante, adequado, sutil.

dia

vestidos-estampados

Vale lembrar que como você é uma madrinha, deve tomar cuidado com decotes, fendas, recortes, transparências. Tudo isso pode ser usado, mas cuidado para não ficar mais chamativo do que deveria. A vez de brilhar é da noiva.

recortes

Vestidos: http://www.samenomore.com.br/ http://www.dolps.com.br/ http://www.amissima.com.br/festa-155.aspx/u

Para ver mais looks especiais para madrinhas, a Dolps tem uma seleção incrível. É só clicar neste link e conferir!

Os acessórios devem ser mais ricos em detalhes, como pedrarias, brilhos. Essa é a hora de usar aquela joia que você tem guardada! Se o vestido for estampado ou com o tecido fluído, deve-se tomar mais cuidado ainda com os acessórios. Evitar acrílicos coloridos, pulseiras e colares simples demais, pois deixarão o visual final com cara de mal arrumado.

O sapato também segue a linha dos acessórios: sempre mais finos, mais elegantes. Minha dica é abusar dos metalizados (prata, dourado, rosê) ou então nude, preto. Prata fica ótimo com cores frias, como azul e verde. Já dourado com cores quentes, como vermelho.

Saltos são as melhores opções, mas se você for ficar desconfortável, nada de usar saltão! Todo mundo percebe quando a gente não consegue andar direito (e você vai ter que entrar na cerimônia, então tome esse cuidado!) Ahh, e a barra do vestido deve ser de um a dois dedos no máximo do chão. O comprimento longo exige isso, ou então vai te encurtar!

O cabelo e a maquiagem também merecem destaque, pois, novamente, não pode parecer que você não se importou com o evento e não fez nada de especial. Vale fazer um penteado (mesmo que seja cabelo meio preso), só não vale deixar o cabelo totalmente solto sem nenhuma produção.

penteados

Já a maquiagem é o ponto de destaque do rosto, então escolha um bom profissional e capriche na pele (lembre-se que você vai sair em várias fotos) e use cílios postiços. No mais, só tome cuidado com o olho muito escuro, que não fica legal para ocasiões diurnas.

Lembre-se de que se você foi chamada para ser madrinha é porque você é especial para a noiva e ela espera que você esteja linda no dia! Vale separar um tempo para pensar na produção e arrasar!

Beijos e apenas brilhe!

>>Gostou do post? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe um comentário pra mim! 😘

Amanda Jacarandá